STF marca para o dia 17 o julgamento de prisão em segunda instância

O Supremo Tribunal Federal (STF)  marcou para quinta-feira (17) o julgamento sobre prisões após condenações em segunda instância. . O tema entrou na pauta por ordem do presidente da Corte, ministro Dias Toffoli,  e será analisado pelo Plenário do órgão.

“A Presidência do Supremo Tribunal Federal informa que as ADCs 43, 44 e 54 estão pautadas para julgamento em Plenário na próxima quinta-feira”, diz o comunicado. O colegiado vai apreciar o mérito de três ações e fixar uma tese geral, ou seja, que será replicada para todos os casos envolvendo essa premissa.

A discussão sobre a possibilidade de prisão depois que o réu for condenado em 2º grau traz implicações diretas para o rumo da Operação Lava Jato, podendo beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso no caso do triplex do Guarujá (SP).

Desde 2016, o entendimento da maioria da Corte é de que a pena pode ser executada após decisão em 2ª instância. A orientação, agora, poderá mudar. Há chance de o réu aguardar em liberdade por mais tempo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *