Registro digital de veículos

 

28/8/2018 – A exemplo do que já ocorre com o título de eleitor e com a carteira nacional de habilitação (CNH), o registro e o licenciamento de veículos automotores terão também uma versão digital. O documento poderá ser baixado a partir agora por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CNH Digital), já disponível tanto para o sistema Android como para o IOS.A primeira unidade federativa a fazer uso deste documento é o Distrito Federal. “Não há ainda um prazo definido para que os demais estados aderirem porque a adesão é voluntária e depende dos órgãos de trânsito”, disse o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, durante a cerimônia de lançamento do aplicativo para a capital federal.

O aplicativo reunirá, na mesma plataforma, CNH, seguro obrigatório e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Segundo o ministro, a ideia do aplicativo é facilitar a vida do cidadão e diminuir as filas dos departamentos de trânsito.

Paranaenses satisfeitos

O Ibope mediu o grau de satisfação dos paranaenses com a sua vida. O resultado respalda a avaliação positiva do governo de Cida Borghetti (PP), aprovado por 66% dos eleitores. Os muito satisfeitos (7%) e os satisfeitos (64%) somam 71% dos paranaenses. Os insatisfeitos somam 22% e os muito insatisfeitos, são 7%.  Cida, como se sabe, é candidata à reeleição.

Delação

No depoimento que prestou ao juiz Fernando Fischer, na semana passada, o engenheiro Maurício Fanini disse que pretende colaborar com a Justiça, mesmo sem ter um acordo de colaboração homologado. “Quero colaborar porque estou profundamente arrependido. Quero passar a limpo a desonra que causei a mim e à minha família.” Segundo o ex-diretor de Engenharia da Secretaria estadual de Educação, o esquema ilícito de arrecadação começou em dezembro de 2001 depois de uma conversa com o próprio governador de então, Beto Richa (PSDB). Fanini prometeu entregar, no momento certo, os nomes de dezenas de empreiteiras que pagaram propina para Richa, que concorre ao Senado Federal.

Seguro do EstaR

Tramita na Câmara Municipal de Curitiba projeto que pretende instituir seguro para veículos danificados, furtados ou roubados em áreas do EstaR. – sistema público de estacionamento nas ruas e praças da capital paranaense.  Como a administração dos espaços foi transferida para Urbs, os vereadores querem que a instituição seja responsável pela contratação do serviço. O projeto é um substituto de texto proposto por Mestre Pop sobre o assunto, e visa enquadrar na matéria a responsabilidade da Urbs..

Esperança de volta

Moradores do Centro Cívico, em Curitiba, estão esperançosos com a conclusão das obras do imponente Centro Judiciário, na antiga prisão do Ahú, com milhares de vagas para estacionamento de veículos. Acreditam que, como para o novo local serão transferidas várias unidades da justiça estadual, possam agora ter de volta o espaço da Praça Nossa Senhora da Salete que foi transformado em estacionamento privativo do TJ. A área abrigava inclusive quatro canchas esportivas.

Entre aspas

“A eleição é a oportunidade fundamental para as pessoas escolherem o que querem do Brasil. Não pode chegar no dia da eleição e votar nulo ou branco porque ‘nada que está lá me representa’.Temos de escolher os melhores. Se não houver quem seja bom, votar no menos ruim”. De Walter Schalka, presidente da Suzano Papel e Celulose.

Pergunta do dia

Por que o governo federal não assume de vez a questão dos refugiados venezuelanos em Roraima? O governo da União está devagar quase parando e só se movimenta quando ocorre algum incidente na fronteira entre os dois países. O governo de Roraima está enfrentando bravamente a questão, mas faltam-se recursos financeiros e humanos para dar um atendimento bom aos refugiados da ditadura de Nicolás Maduro.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *